Etnohistória, história indígena e educação: contribuições ao debate

 

»Etnohistória, história indígena e educação: contribuições ao debate

Ana Lúcia Vulfe Nötzold, Helena Alpini Rosa, Sandor Fernando Bringmann (orgs.)

Páginas: 406

Formato: 18 x 26 cm

Temática: História, Cultura e Educação Indígena em Santa Catarina

Palavras-chave: História Indígena no Sul do Brasil, Educação Indígena, Etnohistória

Editora: Pallotti

Sinopse

O livro “Etnohistória, História Indígena e Educação: contribuições ao debate” teve seu lançamento em 06 de novembro de 2012, fazendo parte do evento comemorativo aos 14 anos do LABHIN. Esta publicação é fruto de um esforço conjunto entre pesquisadores do LABHIN e os três grupos indígenas de Santa Catarina (Guarani, Kaingang e Xokleng) participantes do  Observatório da Educação Escolar Indígena (OEEI/MEC/SECAD/UFSC), que realizou um diagnóstico sócio educativo de três escolas indígenas de educação básica no estado.  Os textos reunidos neste livro, escritos por membros atuais e egressos do LABHIN, além de autores de outras instituições, abordam diferentes dimensões da história indígena e da etnohistória, destacando as relações entre tradição oral e memória e suas interconexões para a escrita  da história dos povos pesquisados.  Composto por três eixos temáticos principais, o livro inicia “Historicizando os sujeitos”, isto é, atualizando o leitor  sobre a trajetória histórica dos povos indígenas e da educação escolar indígena em Santa Catarina.  No contexto educacional, a segunda parte destaca a “Educação Escolar Indígena”, enfocando algumas realidades escolares e revelando  as principais influências dos agentes gestores das políticas educacionais e as mudanças e permanências que as escolas tem suscitado na cultura , no modo de vida e na sustentabilidade das aldeias em que se inserem. Na terceira parte, os artigos sobre “Etnoterritorialidade, identidade e história indígena” problematizam a situação das Terras Indígenas em Santa Catarina e historicizam a trajetória do contato e as ressignificações das práticas e saberes cotidianos das comunidades indígenas pesquisadas.  É importante salientar, neste sentido, que  o grande objetivo pretendido com esta publicação, como o próprio título já se refere,  é a interlocução entre história, etnohistória e educação, contribuindo para a inserção nas escolas indígenas de uma educação escolar diferenciada e específica para cada  grupo, orientada para os princípios da valorização da diferença, do bilinguismo, da interculturalidade e da autodeterminação.

Entrega: Via Correio (Sedex ou Encomenda Normal)

Pedidos e Informações: (48) 3721-9642 ou labhin@live.com

* Neste caso, enviar por email o endereço completo (com o CEP) para o cálculo do frete.